sexta-feira, 17 de julho de 2009

Quanto tempo? [2]

Saudade disso, desse, daquele... Um sentimento tão profundo, inseplicável, inigualável... Algo ruim, mas ao mesmo tempo bom. Um paradoxo.
Quando irei te ver novamente?

Nenhum comentário:

Postar um comentário